Você sabia que o sorriso gengival, caracterizado pela exposição exagerada da gengiva, pode provocar baixa autoestima em uma pessoa? Apesar de, na maioria das situações, o problema ter origem genética, existem vários tratamentos para corrigi-lo.

Com base nisso, vamos explicar o que é o sorriso gengival, quais são as suas causas e quais os tratamentos mais utilizados. É importante mencionar que os tratamentos são opções que oferecem ao paciente muito mais beleza ao sorriso, já que permitem a harmonia entre o tamanho da gengiva e dos dentes. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue com a leitura e entenda tudo!

Afinal, o que é o sorriso gengival?

Como já mencionamos, o sorriso gengival é caracterizado pela exposição excessiva da gengiva, que nada mais é do que o tamanho da gengiva em comparação com o tamanho dos dentes.

É importante mencionar que a harmonia entre o tamanho e o formato dos dentes e da gengiva ajuda a garantir um sorriso bonito e harmônico. Quando ocorre a exposição exagerada do tecido gengival, é possível identificar a irregularidade entre o tamanho e o formato dos dentes, além da posição inadequada das estruturas ósseas da face. Nesse caso, recomenda-se a intervenção odontológica 

O que provoca a exposição exagerada da gengiva?

O sorriso gengival é especialmente causado por fatores genéticos. No entanto, existem outros fatores que podem contribuir para o surgimento do problema ao longo do tempo, como o crescimento excessivo do osso maxilar, os distúrbios hormonais, a hipertrofia gengival, a hiperatividade muscular, a coroa dentária curta e o fato de o lábio superior ser mais curto. O uso de alguns medicamentos e inflamações na gengiva também podem contribuir para essa situação.

Como tratar o problema?

Para trazer mais harmonia ao sorriso do paciente, existem alguns tratamentos que são mais comumente utilizados. Confira os principais!

Instagram Neo Face

1. Gengivoplastia

Capaz de reduzir o tamanho da gengiva do paciente, a gengivoplastia é um pequeno procedimento cirúrgico que refaz o contorno da gengiva para oferecer uma estética mais harmoniosa ao sorriso. Apesar de ser uma cirurgia, é um procedimento simples, feito em consultório com anestesia local.

2. Cirurgia de reposicionamento labial

Nesse caso, o procedimento cirúrgico retira uma faixa de mucosa que fica sobre a gengiva, Com isso, a parte interna dos lábios fica menor e o lábio fica mais próximo dos dentes e da gengiva. 

3. Ortodontia

A ortodontia nada mais é do que o tratamento com aparelhos ortodônticos. Ela trata dentes erupcionados, dentes desalinhados e ainda corrige mordidas cruzadas. Dessa forma, também é uma opção para tratar o sorriso gengival, já que o aparelho atua posicionando corretamente os dentes e visualmente pode ocorrer uma harmonia entre a região dentária e a região gengival.

É importante ressaltar que esse procedimento inicialmente é utilizado como correção ortodôntica e é uma medida complementar ao tratamento do sorriso gengival. Assim, é necessário que o profissional avalie a necessidade, ou não, de realizar outros procedimentos para tratar a exposição exagerada das gengivas.

4. Botox

Também conhecido como toxina botulínica, o botox relaxa a musculatura da face. Com isso, os lábios não sobem tanto e a gengiva fica menos visível ao sorrir. O procedimento é temporário e deve ser refeito a cada 6 meses.

Agora que você já sabe o que é o sorriso gengival, quais são as causas do problema e ainda algumas das principais opções de tratamento, procure uma clínica odontológica e faça a sua avaliação. Não se esqueça de buscar um profissional capacitado e de confiança para realizar os procedimentos. 

Gostou do artigo? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais para ajudar outras pessoas na busca por um sorriso lindo.!

Agendar consulta Neo Face

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *