Riscos da Cirurgia Ortognática

Todos os procedimentos cirúrgicos, incluindo os mais seguros, podem apresentar algumas intercorrências durante ou após a sua execução. Dessa forma, é fundamental que os pacientes estejam cientes de todas elas previamente à assinatura do termo de responsabilidade antes de uma cirurgia.

Nesse artigo falaremos sobre as principais intercorrências da cirurgia ortognática, um procedimento considerado muito seguro. Afinal de contas, conhecer quais são as intercorrências desse tipo de cirurgia, é a melhor forma para evitá-las!

Continue a leitura e saiba quais são esses riscos, como eles podem ser evitados e qual é o papel do profissional e do paciente nesse momento tão importante. Vamos lá!

O que é a cirurgia ortognática?

A cirurgia ortognática é um procedimento realizado na região dos maxilares, com o objetivo de remodelá-los. Ela traz tantos benefícios funcionais quanto estéticos.

Quais são os riscos da cirurgia ortognática?

A seguir, veremos algumas das possíveis intercorrências desse procedimento!

Riscos durante a cirurgia

É importante saber que não há razão para ter medo, pois a imensa maioria das intercorrências são contornáveis pela equipe que está realizando o procedimento.

A cirurgia ortognática é realizada em um ambiente hospitalar, e assim, acompanhada por uma equipe de profissionais capacitados para a realização desse procedimento. São especialistas encarregados única e exclusivamente de monitorar os seus sinais vitais ao longo do procedimento.

Algumas intercorrências eventualmente possíveis são o sangramento excessivo e a reação do paciente aos medicamentos utilizados. Todos esses pontos são reversíveis e resolvidos em pouco tempo.

Riscos após a cirurgia

Após a cirurgia, no entanto, há riscos que estão relacionados aos cuidados pós-operatórios. Alguns deles são o sangramento (muitas vezes nasal), a instalação de infecções e dificuldades de cicatrização do paciente.

Além disso, há efeitos comuns do pós-operatório, como:

  • formigamentos do rosto;
  • dor;
  • inchaço;
  • diminuição na abertura bucal;
  • dificuldades para falar;
  • problemas para respirar pelo nariz, entre outros.

Esses efeitos são esperados e costumam passar conforme a recuperação do paciente avança. E, claro, você não estará desamparado, mas sim tomando medicamentos para aliviar esses sintomas durante todo o processo.

Como evitar esses riscos?

A melhor maneira de evitar riscos com a cirurgia ortognática é seguir as recomendações do profissional responsável pelo seu tratamento. Algumas dicas incluem:

  • utilização de uma dieta líquida ou pastosa pelo tempo recomendado;
  • evitar esforço, principalmente nas primeiras semanas;
  • uso correto dos medicamentos, que tem como objetivo a prevenção de infecções e a redução das inflamações.

Quanto aos riscos cirúrgicos, a maneira certa de evitá-los é realizando o procedimento com uma equipe na qual você confia. É preciso que os profissionais sejam qualificados, experientes e que passem a segurança necessária para os pacientes nesse momento.

Agora que você já conhece os riscos da cirurgia ortognática, fique tranquilo: você está muito mais que preparado para esse momento! O ideal é confiar na equipe escolhida para o procedimento e pensar positivo. Tudo vai dar certo! E, caso alguma intercorrência ocorra, os profissionais estarão a postos para resolvê-la.

Aproveite e entre em contato com a Neo Face! Somos uma clínica de referência nesse tipo de procedimento, com profissionais humanizados e capacitados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.