O desejo de se obter o corpo ideal nunca esteve tão alto. Com o desenvolvimento tecnológico, o setor mundial de cirurgia estética ganhou cada vez mais investimento nos últimos anos em seus laboratórios, com equipamentos e produtos médicos sempre mais aprimorados.

Consequentemente, atraiu olhares tanto daqueles que buscavam por uma cirurgia estética, quanto para as pessoas que tinham receio e nem sequer pensavam em fazer algo do gênero. No Brasil não foi diferente, o aumento de investimento e procura pelos serviços estéticos transformou-o numa superpotência da área.

Hoje, o Brasil é um dos países que mais realizam procedimentos estéticos. Quer saber quais são as principais cirurgias realizadas por aqui? Então continue lendo este post!

1. Cirurgias estéticas

Os procedimentos estéticos, cirúrgicos e não cirúrgicos, têm como principal objetivo o aperfeiçoamento da aparência, corrigindo certas imperfeições, objetivando o bem-estar e a autoestima de uma pessoa. Contudo, nem sempre há imperfeições a serem reparadas, mas existe a vontade da mudança estética.

2. Cirurgia estética no Brasil e o crescimento do mercado

Com os avanços tecnológicos e científicos, o mercado estético no mundo atual vem crescendo cada vez mais.

Segundo a Pesquisa Internacional Sobre Procedimentos Cosméticos e Estéticos, realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, em 2018 houve um aumento geral de 5,4% nos procedimentos realizados.

O Brasil e os Estados Unidos estão no ranking dos dez países que mais realizam procedimentos estéticos. Por aqui o número se mostrou maior também em 2018, tendo sido realizadas 1.498.327 cirurgias estéticas.

3. As 7 principais cirurgias estéticas realizadas no Brasil

São inúmeros os motivos para realizar a cirurgia estética, seja com o objetivo de melhorar a autoestima, corrigir imperfeições ou valorizar a aparência. Por isso, esses procedimentos vêm crescendo a cada dia, sendo que, as principais cirurgias realizadas no Brasil são as listados abaixo.

Abdominoplastia

Na abdominoplastia é removido o excesso de pele e gordura da região do abdômen. Dessa forma, elimina-se a flacidez local, diminuindo as medidas da cintura e deixando os músculos abdominais mais firmes.

Lipoaspiração

Procedimento que remove o tecido adiposo em excesso, geralmente feitas na região do abdômen, braços, coxas e culotes, mas também podendo ser realizada em diversas áreas do corpo. A gordura é removida por uma cânula de sucção.

Mamoplastia de aumento (ou aumento de seios)

Processo onde se insere uma prótese de silicone nos seios para o aumento das mamas, nos mais diversos tamanhos e proporções. O formato mais procurado é o alto, acentuado para frente e de base média.

Rinoplastia

Consiste na remodelagem que ajuda corrigir o tamanho desproporcional ou modificar o tamanho e formato do nariz. Também é bastante procurado para reparar problemas respiratórios crônicos.

Otoplastia

Cirurgia que busca harmonizar o formato das orelhas, as conhecidas “orelhas de abano”, corrigindo as imperfeições estéticas e deixando-as numa aparência natural. O procedimento normalmente é feito em crianças pelo desconforto ou Bullying, e seus riscos são bem pequenos.

Blefaroplastia (cirurgia nas pálpebras)

É uma cirurgia que tem como objetivo majoritário o rejuvenescimento facial. O procedimento é feito nas pálpebras para retirar excesso de pele ou gordura, mas também para corrigir flacidez na região. A cirurgia é usualmente realizada por adultos na faixa etária dos 40 anos, e bastante procurada para melhorar o funcionamento da área.

Bichectomia

Este é um procedimento que visa reduzir a quantidade de gordura na região da bochecha. Para isso, o cirurgião dentista aplica a anestesia local e realiza um corte no interior da boca para retirada das bolas de Bichat, porções de tecido adiposo (gordura) que dão volume ao rosto. Com o procedimento, o rosto fica mais magro, com contornos definidos, um aspecto mais atraente e menos infantilizado.

4. Procedimentos dentais na cirurgia estética

A odontologia estética também tem sido bastante procurada. Essa área disponibiliza diferentes tipos de procedimentos que visam não só o cuidado com os dentes, mas a harmonização do sorriso e da face de um modo geral. Veja a seguir alguns tratamentos realizados por profissionais desse ramo.

Clareamento dos dentes

No clareamento dental é utilizado o peróxido de hidrogênio, ou de carbamida, para promover uma reação química com as moléculas de pigmentos acumuladas no esmalte dentário. Essas substâncias liberam oxigênio, que torna as moléculas solúveis, eliminando-as.

Resinas compostas

Em substituição as restaurações antigas metálicas (amálgama), as resinas compostas oferecem resultados mais duradouros e discretos. O procedimento consiste em aplicações de resinas diretamente nos dentes onde há lesões.

Lentes de contato dental

A lente de contato dental é um laminado extrafino que sobrepõe na superfície dos dentes. O método oferece grandes melhorias na cor e forma dos dentes, proporcionando um sorriso mais harmônico.

Implante dentário

São “pinos” de titânio que vão substituir as raízes dos dentes perdidos. Para isso, são colocados os suportes nos ossos maxilares, logo abaixo da gengiva, permitindo que o dentista instale próteses de dentes substitutos.

Aparelho estético

O aparelho estético é semelhante ao convencional fixo metálico, sendo indicado para reparar problemas ortodônticos, porém é feito em materiais mais discretos. O mais utilizado atualmente é o aparelho de porcelana, mas também existe a opção de safira e policarbonato e, ainda, os alinhadores invisíveis.

Facetas de porcelana

Confeccionada exclusivamente para cada paciente, as facetas de porcelana são compostas por lâminas finas que se encaixam como uma capa sobre os dentes, melhorando o formato, tamanho e tonalidade.

Instagram Neo Face

Restauração

Quando o dente sofre algum trauma, o tratamento de restauração é realizado para recuperar a estrutura. Além disso, também é realizado como alternativa para deixar os dentes simétricos de tamanho ou forma.

Toxina botulínica

Popularmente conhecida como botox, essa substância é utilizada por dentistas para finalidades estéticas e terapêuticas. Suaviza rugas e linhas de expressão, corrige assimetrias faciais relacionadas à musculatura, trata o sorriso gengival e o bruxismo. São feitas injeções periódicas em locais estratégicos da face, conforme os resultados desejados.

Preenchimento facial e labial

Nessa técnica o dentista aplica microinjeções nos lábios ou em diferentes regiões da face para preencher e suavizar rugas e linhas de expressão, além de corrigir assimetrias. É uma alternativa para dar mais volume para os lábios e harmonizar os contornos faciais. São utilizadas substâncias biocompativeis como o ácido hialurônico.

Gengivoplastia

A gengivoplastia é uma técnica cirúrgica recomendada para retirar o excesso de tecido gengival quando ele recobre em excesso os dentes. Também corrige assimetrias da gengiva e faz o desenho das suas bordas. Além disso, quando há falta de tecido, podem ser feitos em enxertos.

Cirurgia Ortognática

A cirurgia ortognática, também é uma das mais procuradas atualmente. Consiste na técnica de reparação utilizada para corrigir as irregularidades de crescimento dos maxilares e ajuda na funcionalidade da mastigação, melhora a qualidade da respiração e do sono e propõe uma harmonia facial, também oferecendo a melhora da auto estima do paciente.

7. Mitos e verdades sobre a cirurgia estética

  • “A plástica no nariz pode causar problemas de respiração”: mito. O processo pós-operatório pode ocasionalmente ter a sensação de vias nasais bloqueadas e falha respiração, porém não é um problema duradouro.
  • “Implantes impedem que a pessoa possa realizar futuras cirurgias plásticas faciais”: mito. Os implantes não influenciam caso seja de desejo fazer algum procedimento para melhorar o rosto.
  • “Otoplastia não pode ser feita por adultos”: mito. As cirurgias de harmonização nas orelhas podem ser feitas em qualquer idade.
  • “Nem toda pessoa pode fazer uma cirurgia estética”: verdade. É preciso estar saudável física e psicologicamente para fazer uma cirurgia e, do ponto de vista médico, não é recomendável fazê-la se for portador de alguma doença como diabetes e hipertensão.
  • “Homens procuram cada vez mais por tratamento estético”: verdade. Assim como as mulheres, os homens também procurar cuidar e melhorar sua aparência, sendo o transplante capilar e a harmonização facial uns dos processos mais procurados.
  • ” Somente a lipoaspiração faz emagrecer”: mito. O objetivo da lipoaspiração é modelar o corpo.
  • As próteses de silicone mamária devem ser substituídas a cada 10 anos”. mito. Elas só precisam ser trocadas caso haja algum rompimento ou anormalidade.

6. O que considerar antes de realizar um procedimento estético

Antes de realizar um procedimento estético, há alguns pontos que devem ser ponderados com atenção. Quando falamos de processos estéticos, é preciso entender que se deve empenhar um tempo para o planejamento pessoal e psicológico.

A cirurgia estética tem grande influência na autoestima, pois trata diretamente da aparência e bem-estar consigo mesmo, por isso, é importante ter uma mente saudável para buscar o propósito certo e, assim, querer realizar algum tipo de procedimento.

Vale ressaltar que o corpo também precisa estar bem e forte, então é recomendado consultar com um profissional qualificado, pois somente ele pode auxiliar no preparo pré-cirúrgico e na anestesia para cirurgia. Outro ponto a se refletir é o resultado pós-operatório, desde a recuperação até as possíveis cicatrizes e marcas consequentes da cirurgia.

As vantagens de se fazer uma cirurgia plástica vão além do quesito estético. Um acompanhamento realizado com segurança só contribui para um resultado positivo tanto na cirurgia quanto na qualidade de vida da pessoa, mas tenha em mente que as cirurgias em geral são específicas para cada caso.

Por exemplo, como já vimos, se o objetivo com a lipoaspiração for para a perda de peso, não é recomendável que o faça. Isso porque, o procedimento busca remover a gordura localizada e promover um contorno mais bem definido, mas não auxilia na perda de peso ou remoção da flacidez da pele.

As cirurgias estéticas faciais são mais recomendadas para se fazer a partir dos 40 anos. Porém, existem procedimentos menos invasivos que ajudam a melhorar a qualidade da pele e minimizar rugas, postergando cada vez mais a necessidade de uma cirurgia.

7. Como se preparar para a cirurgia

É essencial para o preparo anterior à cirurgia estética que o paciente esclareça suas dúvidas com um cirurgião especializado sobre todas as etapas do procedimento, além das recomendações para antes e depois da cirurgia.

Se necessário, escreva as perguntas para não esquecer de nada. Respeite as recomendações do seu cirurgião e programe suas atividades pré e pós-operatórias para que não haja problemas na agenda pessoal ou profissional.

Depois, a alimentação precisa se manter equilibrada durante todo o tempo, para que o corpo obtenha nutrientes suficientes para uma boa cirurgia e recuperação. Além disso, também é recomendável a prática de esportes físicos para um melhor fortalecimento corporal. O exercício de meditação e outras técnicas de relaxamento são bem-vindas para o preparo psicológico antes da cirurgia.

O uso de certos medicamentos devem ser suspenso até uma segunda ordem do médico, como, por exemplo, anticoncepcionais, e principalmente remédios tomados por contra própria sem a supervisão médica.

O consumo de álcool e o cigarro deve ser evitado ou reduzido para que não haja nenhum tipo de interferência na cirurgia e no processo de recuperação pós-operatório.

8. A importância de escolher uma clínica de qualidade

As clínicas clandestinas também ganharam popularidade no Brasil na última década, seja por seus preços baratos ou pela facilidade de se encontrar nas regiões periféricas, sendo noticiado até clínicas dentro de casa sem segurança e higiene.

Cirurgiões sem autorização ou proibidos de exercer a função são bastante procurados, por vezes levando os pacientes a acreditar que o procedimento estético pode ser feito por qualquer um. Os procedimentos quando feitos de forma precária e sem nenhuma estrutura adequada, podem acabar tendo consequências graves, como ferimentos internos, externos, hemorragias ou até mesmo levar à morte.

Escolher a clínica certa para a cirurgia estética desejada é muito importante para o sucesso do procedimento. Por isso, você deve procurar uma clínica especializada no tipo de cirurgia que pretende fazer, que tenha profissionais experientes e uma estrutura completa

Busque em sites confiáveis ou informações com pessoas por indicações positivas e críticas sobre a qualidade do atendimento, infraestrutura do lugar, tempo de consulta, métodos cirúrgicos e competência dos profissionais. O seu vínculo de confiança com o cirurgião também deve existir sempre, pois assim, ambos caminharão pela mesma estrada e em busca de um bom resultado da cirurgia.

É imprescindível que a clínica passe autoridade em sua área de atuação. Algumas pessoas ainda preferem fazer cirurgias plásticas estéticas em países estrangeiros. Porém, o desenvolvimento das clínicas no Brasil vem cativando a confiança do público e incentivando a procura pelos procedimentos por aqui.

A cirurgia estética tem como seu maior objetivo melhorar a aparência e autoestima do paciente, proporcionando uma melhor qualidade de vida. Dessa forma, a cada dia está se tornando acessível para a maioria das classes e tem tudo para continuar crescendo mais ainda. Logo em breve, cirurgias estéticas serão tão rápidas e comuns quanto qualquer outro procedimento médico que tem como objetivo a busca do bem-estar.

E você? Gostaria de mudar algo em sua aparência? Qual desses procedimentos tem vontade de fazer? Deixe seu comentário e conte para a gente!

Agendar consulta Neo Face

One thought on “Saiba quais são as cirurgias estéticas mais realizadas no Brasil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *